Páginas

sexta-feira, 30 de agosto de 2013

Regras de Sanidade e Corrupção para Fate




Um dos jogos que mais possui fãs, seriam seguidores, é o Call of Cthulhu, baseado nas obras de H.P. Lovercraft, e de outros autores que usaram os Mitos. O Terror Cósmico é o principal mote do jogo, criaturas e magia incompreensíveis para a lógica da mente humana e que aos poucos destruindo ela tornando cada vez mais insana.


Toda vez que uma pessoa normal entra em contato com os mitos ela possui a chance de ficar um pouco mais louca, alem disso o próprio ser se torna mais corrompido, uma descida em espiral que leva o personagem a uma espiral decrescente a onde ele se perde.


Devo dizer que o sistema BRP, o sistema base do cenário tem uma legião de fã, mas particularmente não me agrada muito, nada contra ao sistema, mas gosto é gosto. Então o que a gente faz quando quer usar um cenário, mas não o sistema? Bem no  RPG nos adaptamos! E ai vai um do elementos básicos do cenário as regras de Sanidade para se usar em Fate Core System.


Hoje o Fate tem se tornado meu sistema preferido, e Savage Worlds já possui as suas regras descritas em Realms of Cthulhu, então aqui esta mais uma opção para as suas mesas. Estas regras podem ser usadas também em Espirito do Seculo da Retropunk.


Sanidade


A medida de como o personagem é afetado pela loucura e corrupção dos Mitos, se da através de dois itens, o primeiro é o estresse mental sofrido pelo personagem, o segundo se da pela corrupção que ele acumula a cada contato. Toda vez que um personagem entrar em contato com os mitos, o personagem deve fazer um teste de Vontade, uma falha representa que ele desce mais um degrau em na espiral.


O efeito depende do tipo de contato que o personagem fez com os Mitos, livros e itens, geram primeiro somente um aspecto, que pode ser compelido pelo narrador em troca de um ponto do destino, e a cada falha em um teste de vontade o personagem ganha um ponto de corrupção.


Já entrar em contato direto com criaturas e magias é considerado um ataque direto a mente do personagem, o que significa que alem de ele ganhar um aspecto, ainda sofre um dano de estresse mental.
A corrupção funciona como um estresse mental e físico, porem ele não gera penalidade, e o personagem pode assumir ate três aspectos, depois disso, quando todas as caixa de conseqüência estiverem preenchidas o personagem se torna um npc.


O estresse mental e a corrupção podem ser sanados com testes de vontade, uma vez por semana, as rolagens devem ser feitas de forma separadas, e tratamentos psicológicos ajudam no processo somando +1 de bônus, e drogas também ajudam com +1.

A cada mês em uma instituição o personagem se recupera de uma conseqüência, depois das conseqüências a cada mês o personagem uma caixa de estresse. Caso seja expostos a novos encontros com elementos dos mitos os personagem sofrem uma penalidade igual aos meses que ele passou na instituição.