Páginas

terça-feira, 29 de outubro de 2013

Animais e Mudanças, que tema mais complicado!

Devo confessar que ao ver o tema desse mês da Ciranda de Blog, "Animais e Mudanças", fiquei me perguntando, “Cara como falar sobre isso?” espero que nas linhas abaixo eu tenha conseguido. Algo que gosto no RPG é a possibilidade de extrapolar, sair da caixinha, quando vejo um filme ou uma serie e acho que poderia usar aquilo no RPG, sempre tento buscar o que não foi dito, ou o que só é mencionado, então vamos lá.

Acho que a idéia mais básica que me veio a mente foi a migração de animais, sabe coisas como a viagem de aves para o sul, ou a viagem de salmões contra a correnteza para desovar próximo as nascentes. E cara minha cabeça explodiu, como assim?

Imagine que um grupo de colonos se muda para um novo planeta, região ou continente. O local possui tudo o que se faz necessário para que a vida deles cresça e expanda. Logo o local se torna um pedaço do paraíso para os seus colonos. Porem o que esses colonos não sabem é que esta mesma região é um local propicio para a reprodução um perigoso predador, que só faz isso de tempos em tempos, que acontecera quando esses predadores encontrarem estes colonos ali?

Isso nem é um idéia original, ela já foi usada em uma serie de TV, Terra Nova, em um de seus episódios exatamente isso acontece, e os moradores de Terra Nova tem de lidar com o problema. Os pcs poderiam ser mercenários contratados para lidar com este problema, ou ainda serem pegos no fogo cruzado em criaturas e colonos.

Outro elemento que me veio a cabeça foi o sentido de mudanças, e um de seus sinônimos, a transformação. Uma mudança tão radical que quando o processo termina o ser ou objeto já não é o mesmo. Ok, vou tentar dar um exemplo mais pratico certo?

Imagine por exemplo que os pcs são amaldiçoados, ou foram empregados com um vírus que não irá matá-los, mas com o passar do tempo os pcs vão mudando fisicamente, não só sua aparecia, mas sua mente começa pregar peças. Um exemplo disso são os zumbis, dependendo do tipo de zumbificação, o contaminado / amaldiçoado sofre horrores ate finalmente se tornar o monstro. A missão dos pcs agora não é só encontrar a cura para o que lhes aflige, mas também combatê-la.



Existem sistemas que trabalham a mudança em uma espiral decrescente, em Call of Cthulhu, a cada vez que você é exposto aos mitos ou a coisas ligadas a eles seu personagem vai ficando cada vez mais próximo de se tornar uma louco. Em Vampiro a Mascara, a cada ação vil que vai contra a sua humanidade, você precisa fazer um teste, a falha significa que você perde um ponto de humanidade, e esta mais próximo de se tornar uma besta tomando pela urgência de tomar sangue.

Ok, hoje o texto não foi um dos mais objetivos que já escrevi, mas acho interessante exploramos elementos que às vezes podem parecer desinteressantes. Acredito que essa habilidade pode te ajuda como mestre a surpreender aos seus jogadores, aquele simples animal na estrada pode não ser só um simples animal, e como eles irão reagir a isso?

bem espero que esse texto lhe ajude de alguma forma, nos vemos semana que vem!